Posts tagged ‘software de rh’

49 para ficar de olho em 2010

Saiu esta matéria sobre a Kombo e ficamos bem orgulhosas. Isto é resultado de muito trabalho, pesquisa e comprometimento da nossa equipe!

Como se elabora uma seleção de empresas inovadoras? O conceito é bastante subjetivo, não? Por isso, vamos partir do princípio de que não existe fórmula perfeita para chegar a esse resultado. Por outro lado, é impossível ignorar as boas ideias que vemos surgir todos os dias. Então, em vez de fazer um ranking tradicional, não seria mais coerente mapear de forma colaborativa quem são as novas marcas e produtos que estão transformando nossas vidas e negócios?

E é exatamente esse viés que escolhemos para produzir a segunda edição deste especial. Sabemos que há falta espaço para citar todo mundo que mereceria estar aqui. Mas a proposta não é tentar estabelecer uma verdade sobre quem manda melhor, e sim trazer à tona pelo menos a ponta do iceberg do que rolou de criativo, interessante e inovador durante o ano (e o que vem por aí em 2010!). O resultado desse garimpo de startups você confere nas páginas seguintes.

Metodologia

Convidamos mais de 200 personalidades do mundo corporativo – divididas entre empreendedores, executivos, investidores e instituições – para votarem abertamente em 10 categorias diferentes. Todos os participantes votaram apenas nos quesitos em que se sentiram confortáveis e aptos para opinar. A ideia não era categorizar, mas sim mapear inovação em diferentes formatos, do social ao modelo de negócios.

Kombo
Site: kombo.com.br
Idade: 3 anos
Faturamento: Não revelado
Inovação: Há três anos a Kombo desenvolve softwares que proporcionam formatos criativos de gestão de pessoas, do processo seletivo ao treinamento de colaboradores, além de disponibilizar uma rede de contatos entre candidatos e empresas no seu site.

Fonte: site ResultsOn, em 10/12/2009. Link para o texto original.

Anúncios

dezembro 11, 2009 at 10:16 am Deixe um comentário

Atrair candidatos é desafio para empresas com vagas disponíveis

Matéria em que falei sobre a falta de talentos no mercado, saiu na Administradores.com.


O que fazer quando o mercado de trabalho está em oferta? Com muitas vagas disponíveis, mas poucos candidatos capacitados para preenchê-las?

Segundo Paula Galvão, consultora em RH, uma medida a ser tomada pela organização é ela se tornar atrativa para o candidato. “As empresas precisam definir boas políticas de remuneração, tornar o processo de seleção menos rigoroso, aumentar investimento em treinamentos para compensar essa decisão da seleção e focar em recrutamento interno”, afirma.

Ela explica que uma estratégia comum em grandes empresas é construir um alto PVE (Proposta de Valor ao Empregado) que gerencia a imagem da organização no mercado e dos empregos que a empresa oferece, fazendo com que consiga os melhores talentos. “A Google e a Natura, por exemplo, possuem alto PVE, todos querem trabalhar lá. Isto é algo construído com o tempo, definindo-se qual o perfil do candidato ideal e trabalhando em atingi-los”, ressalta.

Oportunidades

Tornar as oportunidades de trabalho conhecidas no mercado é outro ponto-chave. O uso de redes sociais como blogs, twitter e portais da internet tem se tornado cada vez mais frequentes, e a empresa deve aproveitar esses canais. “Todos os canais possíveis devem ser atingidos para que o maior número de pessoas fique sabendo das oportunidades”, lembra Paula, que também é sócia da Kombo.

As parcerias também não devem ser deixadas de lado, já que podem auxiliar na hora de encontrar um novo talento. “Ferramentas para captação on-line tornam-se indispensáveis e um diferencial competitivo fortíssimo, assim como parceiros para ajudar na divulgação das vagas”, explica a consultora.

Paula destaca que outra questão fundamental para conseguir preencher as vagas é o gerenciamento dos currículos que chegam à empresa. “Os currículos passam a ser um dos bens mais valiosos num mercado de trabalho em oferta e, desta forma, um aproveitamento eficaz do material que chega pode ser decisivo”, afirma.

Assim como os currículos, os colaboradores que já estão na empresa devem ser valorizados. Possuir planos atrativos de treinamento e desenvolvimento, políticas de qualidade de vida e ambiente favorável podem fazer a diferença caso os funcionários atuais sejam sondados por concorrentes. “Num mercado de trabalho em oferta, uma alta taxa de rotatividade pode ser altamente comprometedora para qualquer negócio”, conclui Paula.

Fonte: site Administradores, 09/12/2009, http://www.administradores.com.br/noticias/atrair_candidatos_e_desafio_para_empresas_com_vagas_disponiveis/28468/

dezembro 11, 2009 at 7:00 am 1 comentário

Minuto RH

Hoje se fala muito de RH estratégico, porém na hora de explicar não é tão simples assim…

A Daniella foi feliz na explicação, quero compartihar com vocês.

Para o RH ser estratégico a premissa básica é alinhar aos objetivos organizacionais, porém sempre fica a dúvida como medir os resultados, como saber se as políticas de RH estão contribuindo com o objetivo da empresa?

Utilizando o software kombo você tem vários relatórios estratégicos  que lhe fornecem estas informações em tempo real.

Telas dos gráficos de um  módulo

por Maria Carolina Linhares

agosto 12, 2009 at 5:24 pm Deixe um comentário

+ de 500 dinâmicas GRÁTIS

site

UFA!!!!!!!!!!!

Com muito orgulho que lançamos o novo site da KOMBO.

Modesta parte, nossa equipe fez um SUPER TRABALHO!!!

Considero um sucesso quando um trabalho sai conforme o planejado e isto que aconteceu. Planejamos, desenvolvemos um protótipo e levamos 15 dias para desenvolvimento, aliás este é um exemplo do verdadeiro trabalho em equipe.

No site possui muitas coisas boas,  está TUDO DE BOM, (desculpa estou mega apaixonada por ele) tem mais de 500 dinâmicas com dicas de como processá-las e ainda muitas outras coisas (que não vou dizer, afinal quero que você vasculhe o site e descubra). Visite o site na parte de “Material de RH”.

www.kombo.com.br/materiais-rh

BOA NAVEGAÇÃO!

por Maria Carolina Linhares

Veja também alguns artigos que já publicamos sobre aplicação de dinâmicas:

Dinâmica – Anjo da guarda

Dicas para aplicar uma dinâmica de grupo

Dinâmica na manga


maio 31, 2009 at 4:57 pm 23 comentários

Recrutamento e Seleção online

Há alguns anos o RH começou a sentir a tecnologia chegando devagar e se instalando em alguns de seus processos. As soluções mais famosas são para a área de Recrutamento e Seleção, onde a substituição do currículo de papel para o digital traz resultados imediatos de produtividade para o setor.

Mais e mais esta área evolui e as vezes é até dificil acompanhar as novidades. Ferramentas simples podem facilitar e tornar os processos seletivos mais ágeis e interativos.

Listei algumas ferramentas de softwares para recursos humanos na área de Recrutamento e Seleção online para que possamos conhecer:

  • Trabalhe conosco: Ter esta seção no site não é novidade, porém atualmente a pessoa não só cadastra o currículo, mas também faz busca de vagas, se candidata para alguma que se interesse e pode acompanhar através de Feed as novas vagas da empresa (não sabe o que é Feed? colocamos uma explicação na nossa página About).
  • Feedback: É incrível como os candidatos elogiam quando recebem um feedback da empresa. Geralmente ressaltam como essa prática é rara. Apesar de todos sabermos que é fundamental e ético darmos um retorno, muitas vezes na correria do dia-a-dia fica inviável. Hoje, com poucos cliques é possível enviar feedback para todos os participantes de uma vaga e gerar relatórios para acompanhar esta prática em cada vaga.
  • Encaminhamento de currículos: Você está fazendo uma vaga mas o gerente vai fazer a entrevista final, nada melhor para o RH do que ter os líderes envolvidos. Mas como você passa as informações dos candidatos para eles? E como pega a opinião deles pós entrevista? A tecnologia permite enviarmos por email os currículos com apenas alguns dados (podemos não enviar o parecer, por exemplo) e que o gerente no próprio currículo informe sua opinião pós entrevista.
  • Divulgação de vaga: Uma vaga foi aberta… qual o próximo passo? Correr para o telefone e email para divulgar para o maior número de pessoas, certo? Não necessariamente. Softwares possibilitam que você faça um cadastro de todos contatos para divulgação de vagas que você tem e, na etapa final da abertura, é disparado um email com todas as informações da vaga. Além disso, possibilita divulgar no site da sua empresa, em sites de cadastro de currículo gratuito com milhares de acesso e diretamente no currículo de candidatos com perfil compatível. É um nível de penetração impensável para o setor de RH alguns anos atrás.
  • Indicação de candidatos: Este é um assunto que gera alguma discussão: indicação de colaboradores da empresa é válido ou não? Com o tempo o RH amadureceu esta prática tão comum nos mercados latinos, aceitando as indicações para integrar seus processos seletivos e não para a contratação direta. Com esse amadurecimento, esta continua sendo uma prática comum no nosso dia-a-dia e muitas vezes traz profissionais muito competentes. Com a tecnologia este processo se torna muito mais ágil, com os colaboradores podendo indicar colegas por um portal e o RH conseguindo visualizar de quem foi a indicação.

Existem muitas outras facilidades como sugestão de candidatos pelo software de acordo com o perfil de vaga, campo de observações no currículo em que é possível fazer uma busca (quem aqui nunca rabiscou uma anotação rápida no currículo?), histórico da participação em processos seletivos e aplicação de testes… Informações e mais informações que agilizam pequenas tarefas operacionais.

Mas, o que acredito que é um ganho enorme é a geração de relatórios. Quais vagas demoram mais para fechar? Será que não vale fazer uma ação de captação de currículos? Os gerentes estão demorando para dar resposta ao encaminhamentos, será que uma sensibilização poderia resolver isso? E por aí vai.. Um pensar que nunca teve espaço no RH agora é possível pela tecnologia. Ao mesmo tempo ela nos libera do operacional e dá instrumentos para pensarmos no estratégico.

Na compra de um software para recursos humanos, considere tudo isso que foi mencionado mais a usabilidade: é fácil de mexer? O layout lhe agrada, não “cansa” a vista? Quantos cliques são necessários para fazer o que preciso? Preciso decorar códigos para utilizar ou todas as informações já estão a minha disposição? A Kombo levou tudo isso em consideração no seu desenvolvimento e constantemente faz atualizações para garantir um aprimoramento constante.

Com certeza é necessária uma adaptação do RH para utilizar essas ferramentas, mas os resultados compensam muito.

por Paula Galvão

maio 12, 2009 at 5:50 pm Deixe um comentário


Diagnóstico Empresarial

Saiba do que sua empresa precisa

O blog

Nossa proposta é ter um espaço para trocas de reflexões, tendências e práticas em gestão de pessoas. Participe com comentários e caso queira compartilhar experiências, dicas e textos, envie para o nosso contato na página "Sobre".

As autoras

Maria Carolina Linhares
Formada em psicologia e com 5 pós-graduações bem ecléticas de moda a liderança empresarial, empresária, trabalha na área de consultoria e negócios para RH.
Paula Galvão de Barba
Formada em psicologia, já atuou como consultora de RH e hoje é empresária, trabalhando na área de pesquisas sobre RH e desenvolvendo softwares para esta área.

Siga nosso Twitter!